Opinião própria: Tenha a sua!


 O título desde post parece estar um pouco errado mas é simplesmente para satirizar um problema do nosso cotidiano.

 Uma das inúmeras mudanças ocorridas em função de estarmos socialmente conectados via rede quase todo o dia (Em alguns caso, todo o dia) é a perda de credibilidade uns com os outros, em sua maioria jovens, devido a falta de uma opinião própria. A veracidade das informações que circulam nas redes sociais depende erroneamente do número de "curtidas" e "compartilhadas" e não da fonte e dos fatos em si. Poucos são os que vão até a origem da informação para confirmar o que lhes é passado e realmente agregar conhecimento, a maioria repassa as informações querendo apenas algum tipo de reconhecimento ou simplesmente tem medo ficar "sozinho" por pensar diferente de seus amigos/seguidores virtuais.

 As consequências sempre aparecem, de exemplo as mais repercutidas de uns tempos pra cá foi o caso da mulher agredida injustamente devido a uma notícia falsa na internet e o caso de um veterinário acusado injustamente pela internet de negligência. Para os que ainda não sabem, assim como no caso do veterinário, os replicadores de conteúdo são responsáveis pelo que apoiam, podendo receber uma alta multa caso o conteúdo replicado seja ofensivo. Mas acalmem-se, claro que não é por qualquer coisa que  você terá problema, antes de compartilhar algo sério pense se realmente vale a pena fazer isto, caso seja ofensivo ao nome de alguém ou seja uma denúncia a alguma pessoa procure a fonte para ver se é confiável, vá atrás de referências e outras opiniões, não demora muito. 


 É claro que por um lado o poder da justiça de nos condenar por "curtir" ou "compartilhar" algum conteúdo é questionável, mas por outro, apoiar a difamação e acusação à uma pessoa só porque todos estão fazendo o mesmo e sem mesmo saber motivos por trás disto é algo indiscutivelmente errôneo. Mas isto é assunto para outro post.

 Outra consequência disso é refletida fora da internet, assim como lá, as mesmas pessoas fazem as mesmas coisas: Concordam com tudo que escutam; Não discordam de nada por medo; Não criam boas e saudáveis discussões e facilmente mudam de ideias. Além da falta de credibilidade uns com os outros, a falta de credibilidade em si próprio também ocorre, imagine: Quantas frases boas ou belas atitudes deixaram de acontecer por algumas bobas inconveniências sociais?

 O aprendizado vem das diferentes experiências que temos. Ficar divulgando algo que você nem sabe realmente o que é e repetindo isso várias vezes ao dia não parece que vai te acrescentar em nada certo?
Precisamos por pra fora o que pensamos para assim discutir e melhorar cada vez mais o que circula por aí. Por fim, o Aprenda A Valorizar deixa uma dica à vocês:
 Sirva-se de diversos pontos de vista, questione e compare de acordo com seu conhecimento, monte sua conclusão e tenha assim sua própria opinião! 

Agregue valor a este post comentando aí em baixo sua opinião sobre o assunto e confira também a validade de algumas informações nos links abaixo:

Processo do veterinário: http://zip.net/bdnPhX
Decisão do processo: http://zip.net/bwnNCT

Mr. Smooth

Colaborador do AAV. Tem uma grande paixão pelo blog mas vive não conseguindo deixar os posts em dia!

Comentário(s)