A Ilha das flores: historia de ontem, problemas de hoje!


Ilha das Flores é um curta metragem brasileiro, escrito e dirigido pelo cineasta Jorge Furtado em 1989. De forma ácida e com uma linguagem quase científica, o curta mostra como a economia gera relações desiguais entre os seres humanos. Como tema central, A Ilha das flores, um lixão em porto alegre, onde crianças se alimentam de comida que não serve para alimentar os porcos.

Confira o curta abaixo, tem apenas 13 minutos:


A Ilha das Flores é um símbolo tomado por Jorge Furtado para poder denunciar a realidade humana que ganhou 7 prêmios nacionais e internacionais é foi um marco mundial por tratar a realidade usando uma linguagem inovadora. Ele e uma obra de FICÇÃO e não um documentário, o filme sequer foi gravado na Ilha das Flores mas sim na Ilha Grande dos Marinheiros como e mostrado no próprio final do vídeo.

O curta utiliza de vários fatos reais ALTERADOS para se construir, o problema e que o curta acabou trazendo grandes problemas e indignação para os moradores da região. O Editorial J fez uma reportagem chamada Ilha das Flores: depois que a sessão acabou que mostra os impactos negativos causados pelo curta.


O principal problema aqui foi a grande incapacidade das pessoas de não conseguir distinguir a ficção da realidade (atores de novelas brasileiras sofrem muito com isso), mas bem que no curta isso poderia ter sido bem mais explicito do que apenas algumas frases nos créditos!

Fonte: Wikipedia e YouTube

Unknown

Colaborador do AAV. Tem uma grande paixão pelo blog mas vive não conseguindo deixar os posts em dia!

Comentário(s)