Sim, não ou talvez? Consentimento é tudo!


Parece que cada vez que um artigo é escrito sobre o consentimento, ou um movimento e feito no sentido de aumentar o ônus (compromisso de alguém; dever, encargo, obrigação.) sobre o consentimento sexual, você sabe né, saber realmente se ela(e) está realmente querendo, há uma onda de comentários e críticas.

Parece que um monte de gente realmente, realmente não entende o que 'consentimento' significa. Parece que as pessoas realmente têm um problema em entender que antes de ter relações sexuais com alguém, isso é, cada vez que você tem relações sexuais com ela(e), certifique-se de que ela(e) quer ter sexo com você. Isso vale para homens, mulheres, todos. Se já lá com quem que seja que você está iniciando mesmo que um sexo casual, apenas se certifique de que ela(e) esta realmente interessada(o) nisso. É isso aí! Não é difícil! É só conversar. 

Se você ainda está tendo dificuldades em entender, imaginem em vez de iniciar o sexo, você está oferecendo uma xícara de chá (café aqui no Brasil cairia melhor) para a pessoa em questão. Veja abaixo:



Você acha que esta é uma analogia estúpida? Sim, todos vocês já sabem disso - é claro que você não iria forçar alguém a beber chá, porque ela(e) disse que sim a um copo na semana passada. Claro que você não iria derramar o chá garganta a baixo de uma pessoa inconsciente porque ela(e) disse sim ao chá 5 minutos atrás, quando ela(e) estava consciente. Mas se você pode entender como  é completamente ridículo forçar as pessoas a tomarem chá quando eles não querem chá, se você é capaz de entender quando as pessoas não querem chá (ou qualquer outra coisas), então como é difícil de entender quando se trata de sexo ? 

Uma serie de tirinhas feitas pela cartonista Alli Kirkham mostram de maneira simplificada sobre o que realmente significa consentimento, você pode ver a galeria aqui.

Quer se trate de chá ou de sexo, Consentimento é tudo.

Unknown

Colaborador do AAV. Tem uma grande paixão pelo blog mas vive não conseguindo deixar os posts em dia!

Comentário(s)