A maquina que curava todas as doenças!


Dentre as inúmeras mudanças ocorridas no século XIX destaca-se o notável avanço no conhecimento científico na Medicina. A percepção medieval de morte, doença e saúde mudou em direção à valorização da vida terrena, à aceitação do progresso científico como forma de proporcionar bem-estar, à busca da manutenção da saúde e à compreensão de que a vida podia e devia ser prolongada. Criou-se uma visão otimista de que a evolução científica poderia ajudar a deter as enfermidades.

Anúncio do produto.
Dessa visão otimista que nasceram os Geradores de Ultra Violeta de Alta Frequência, maquinas que podiam curar quase tudo! Desde doenças cardíacas, queimaduras, paralisia, dores no pescoço, nas costas, cãibra, catarro, anemia, acne, surdez, gonorreia, laringite e mais outros 30 tipos de enfermidades. Os aparatos se baseavam na Eletroterapia ou "eletricidade médica" que consiste no uso de correntes elétricas para o tratamento de pacientes. 


Seu funcionamento básico foi baseado nas primeiras bobinas criadas por Nikola Tesla, as primeiras versões dos  Geradores de Ultra Violeta de Alta Frequência eram grandes e pesados, destinadas a serem usadas por médicos, mas no inicio de seculo XX eles foram aperfeiçoados criando versões portáteis do mesmo. Algumas empresas por sua vez lançaram versões acessíveis dele para uso domestico e lançaram no mercado em torno de 1915.


Empresas como Remco, Frank S Betz, Browne, Victor, Fischer, Aloe, Wappler, e etc, criaram varias versões do aparelho e fabricaram centenas de milhares no seu auge. Mas eventualmente a cura para todas as reivindicações foram postas à prova e a maioria dos dispositivos foram proibidos pela FDA (Food and Drug Administration, órgão governamental dos Estados Unidos da América responsável pelo controle dos alimentos, suplementos alimentares, medicamentos, cosméticos, equipamentos médicos, materiais biológicos e produtos derivados do sangue humano).


Esses aparelhos ainda são vendidos em alguns países como uma forma de medicina alternativa, embora eu não consegui encontrar nenhum á venda aqui no Brasil, no Ebay você pode encontrar vários a venda.


Apesar que os Geradores de Ultra Violeta de Alta Frequência passaram por grandes charlatões, a Eletroterapia é funcional, utilizada até hoje para tratar inúmeros problemas de saúde, entretanto, esse tipo de tratamento não faz "milagres" e não vai te curar de uma queimadura na pele (apesar de poder criar uma! Hahahahaha!). Lembre-se esses tratamentos são restritos a profissionais especializados! 

Unknown

Colaborador do AAV. Tem uma grande paixão pelo blog mas vive não conseguindo deixar os posts em dia!

Comentário(s)